7 de julho de 2021

Ser Psicólogo

                  Félix Elvas Pequeno

"Ser psicólogo é uma imensa responsabilidade.

Não apenas isso, é também uma notável dádiva.

Desenvolvemos o dom de usar a palavra, o olhar,

as nossas expressões, e até mesmo o silêncio.

O dom de tirar lá de dentro o melhor que temos

para cuidar, fortalecer, compreender, aliviar.


Ser psicólogo é um ofício tremendamente sério.

Mas não apenas isso, é também um grande privilégio.

Pois não há maior que o de tocar no que há de mais

precioso e sagrado em um ser humano: seu segredo,

seu medo, suas alegrias, prazeres e inquietações.


Somos psicólogos e trememos diante da constatação

de que temos instrumentos capazes de

favorecer o bem ou o mal, a construção ou a destruição.

Mas ao lado disso desfrutamos de uma inefável bênção

que é poder dar a alguém o toque, a chave que pode abrir portas

para a realização de seus mais caros e íntimos sonhos.


Quero, como psicólogo aprender a ouvir sem julgar,

ver sem me escandalizar, e sempre acreditar no bem.

Mesmo na contra-esperança, esperar.

E quando falar, ter consciência do peso da minha palavra,

do conselho, da minha sinalização.

Que as lágrimas que diante de mim rolarem,

pensamentos, declarações e esperanças testemunhadas,

sejam segredos que me acompanhem até o fim.


E que eu possa ao final ser agradecido pelo privilégio de

ter vivido para ajudar as pessoas a serem mais felizes.

O privilégio de tantas vezes ter sido único na vida de alguém que

não tinha com quem contar para dividir sua solidão,

sua angústia, seus desejos.

Alguém que sonhava ser mais feliz, e pôde comigo descobrir

que isso só começa quando a gente consegue

realmente se conhecer e se aceitar."


5 de julho de 2021

sobre a verdade

  W. Bion, psicanalista inglês já falecido, afirmou que a Verdade é um alimento para a mente. A ideia fundamental deste autor é que a Verdade para se tornar alimento da mente, precisa antes de um cozimento, ou seja, a Verdade externa é transformada, cozida pelo aparelho mental e com isto tornada pessoal. Um corpo que não recebe alimentos ou os recebe intoxicados, contaminados sofre, desnutre, definha, adoece e pode morrer.

Este é o modelo de funcionamento mental proposto por Bion através de sua teoria da mente. A busca pela Verdade está implícita neste modelo teórico. Bion afirma que é desta forma que surgem as controvérsias. E é da controvérsia que se forma o broto de onde o conhecimento inicia a produção de seus frutos. Só que a controvérsia para que dê frutos, necessita de confrontações legítimas e genuínas, pois se isto não acontece corre-se o risco de que os argumentos controversos se esgotem e terminem em um bate-boca estéril, inútil entre pessoas com diferentes pontos de vista.

É sempre difícil falar em política, eleições e políticos. Porém não temos como nos isentar desse debate. É difícil resistir à tentação de transportar o conhecimento deste modelo teórico de Bion, para o que temos assistido nos acontecimentos nacionais: corrupções, mentiras, ataques, negações, acusações, xingamentos e desrespeitos... O que vocês pensam?

( Postado por Félix Elvas Pequeno- Psicólogo Psicanalista)

2 de julho de 2021

Sobre o pensar

             Félix Elvas Pequeno

        Uma das coisas mais importantes é você ser autor, personagem e principalmente diretor do seu  próprio passeio aqui nessa existência, inventando ou reiventando seu próprio dia-a-dia. É ter uma vida que vale apena ser contada! Pense nisso!! Caso não consiga por si próprio, a Psicoterapia poderá ser um bom investimento, pelo resto de sua vida, para ajudá-lo a se autoconhecer,  construir sua singularidade e fazer seu percurso, no aqui e agora. Com espontaneidade e criatividade voçê pode ir se ressignificando pela vida a fora, aprendendo pela experiência a pensar. Pensar é transgredir, e pensar dói!! 

( Félix Elvas Pequeno é Psicólogo e Psicoterapeuta). Abraços