17 de novembro de 2018

OBESIDADE: "lembranças do processo de amamentação".

           Félix Elvas Pequeno
         
                   A obesidade está crescendo assustadoramente.O texto abaixo, é somente uma contribuição para a compreensão das causas psíquicas da obesidade!

                     Muitos obesos tentam emagrecer o corpo fazendo exercícios físicos exaustivos, freqüentando “spa”, malhando freneticamente em academias, se submetendo a diversas dietas rigorosas muitas vezes frustrantes. Vão atrás de soluções externas ( cirurgias) para acabar com a gordura, o que ajuda, mas não resolve definitivamente sua obesidade, pois as causas são psíquicas. Os obesos estão, em sua maioria, inconscientemente, fixados na fase oral do desenvolvimento do “Eu”, onde a boca constitui a principal fonte de prazer, preenchimento, bem estar e relaxamento; eles estão bebês mamando no seio da mãe:"lembranças do processo de amamentação”! A fase oral começa com o nascimento e termina normalmente com o desmame.
                      Tais obesos, geralmente buscam na comida, um substituto inconsciente do seio materno em que mamou. Eles precisam fazer uma “dieta mental”, para então emagrecerem fisicamente. Como? Fazendo análise, onde vai tomar consciência dos aspectos inconscientes que o levam à obesidade e ressignifica-los! Quais aspectos inconscientes seriam esses? Dentre vários, cito: voracidade excessiva (ânsia impetuosa e insaciável, que excede aquilo de que a pessoa necessita), impulsos autodestrutivos, fantasias onipotentes, inveja de si mesmo, repressão das emoções, sentimentos de culpa e busca pelo excesso.
                       O que o obeso não sabe, é que ele está tomado por um apetite muito grande, não de comer, mas sim de viver, de amar e ser amado. Ele é uma pessoa rica de recursos internos, mas não tem consciência deles. Só lhe interessa o mundo quente de calorias elevadas, quem sabe, como substituto de “caloria humana” (afeto quente e caloroso). Esse obeso precisa segurar dentro de si seu bebê voraz, movido pelo impulso de morte que muitas vezes vem “embrulhado em papel de presente” (como comidas deliciosas, gostosas, bonitas, prazerosas, apetitosas, mas sem substâncias nutricionais) que pode provocar uma série de doenças no corpo e até leva-lo à recorrer as drogas, para anestesiar suas angústias, entre elas, o excesso de bebidas alcoólicas:“lembranças do processo de amamentação”, tem até uma expressão: “ele estava mamado”!



Nenhum comentário:

Postar um comentário